segunda-feira, 21 de março de 2011

O primeiro verde da natureza é ouro... E hoje é o dia da poesia!

O poeta californiano Robert Frost (1874 - 1963)

O cartaz do filme Vidas sem rumo, de 1983

Hoje, 21 de março, é o dia mundial da poesia. Os poetas brasileiros e de língua portuguesa são muitos e muito bons. Mas, com o perdão a todos eles, que admiro e respeito, lembrei-me de um, americano, em especial. Trata-se de Robert Frost, cujo poema, que hoje publico, tornou-se popular por causa do livro The Outsiders Vidas sem rumo – transformado num belíssimo filme por Francis Ford Copolla , um retrato comovente do universo de sonho, revolta e violência da juventude americana dos anos 60.

Nothing gold can stay

Nature's first green is gold
Her hardest hue to hold.
Her early leaf's a flower;
But only so an hour.
Then leaf subsides to leaf.
So Eden sank to grief,
So dawn goes down to day.
Nothing gold can stay.

Segue abaixo a tradução que aparece no filme:

Nada que é dourado permanece

O primeiro verde da natureza é dourado,
Para ela, o tom mais difícil de fixar.
Sua primeira folha é uma flor,
Mas só durante uma hora.
Depois, folha se sedimenta sobre folha.
E o Éden mergulha em tristeza
Assim a aurora se transforma em dia.
Nada que é dourado permanece
.


Dentro das teorias literárias que tratam de interpretação de poemas, o texto significa que qualquer coisa que é genuína irá eventualmente desaparecer, e que tudo que tem uma beleza verdadeira precisa eventualmente desaparecer. É também uma maneira diferente, mais profunda de mostrar a mudança das estações. No caso do filme, o que era dourado e não permanecia era a juventude e os sonhos dos personagens.

No dia da poesia, o Blog oferece esse texto que, embora melancólico, é e sempre será um belo poema.

Por Maribel Felippe

4 comentários:

Luiz Carlos Vaz disse...

Parabéns, professora Maribel. Sempre buscando coisas incríveis neste incrível baú de memórias e de cultura pessoal. Parabéns ao Blog - e a direção da Escola João da Silva, por manter este espaço virtual que, além de divulgar as atividades escolares, oferece também um ótimo panorama cultural.

Maribel disse...

Obrigada! É muito fácil quando se faz o que se gosta!

J.G.A. disse...

parabéns prof! o blog esta muito bom, e que cada vez faça mais sucesso, estou com saudade de estudar no jss, e saudade dos professores também!! bjss!!

Maribel disse...

Obrigada, Janaína! Tal comentário só poderia vir de alguém como tu. Na verdade, eu que tenho saudade de dar aula pra vocês. Quando posto esses poemas, é como se estivesse na sala de aula, mostrando a vocês um pouco de Literatura dentro das aulas de Português! Amo muito tudo isso! Continua nos acessando!